TRE-MS comunica mudanças de locais de votação dos eleitores da Igreja Presbiteriana e da Escola Amarelinha no segundo turno

É importante lembrar que os eleitores não serão prejudicados e já podem conferir com antecedência seu novo local de votação.

Locais de voto em trânsito

Os Cartórios Eleitorais da 36º e 54º Zonas Eleitorais de Campo Grande realizaram alterações em dois locais de votação para o segundo turno. A medida visa proporcionar maior comodidade aos eleitores.

Eleitores que votaram na Escola Amarelinha, no primeiro turno, devem se dirigir para a Escola Municipal Professor Virgílio Alves de Campos (R. Jamil Basmage, s/n - Conj. Res. Mata do Jacinto – ao lado do Cotolengo)

Eleitores que votaram na Igreja Presbiteriana, na Vila Popular, devem se dirigir para a Escola Municipal Frederico Soares (Av. Rádio Maia, 410 - Vila Popular)

É importante lembrar que os eleitores não serão prejudicados e já podem conferir com antecedência seu novo local de votação. A Justiça Eleitoral conta com três canais disponíveis: site, telefones de consulta e o aplicativo e-Título.

Site: O site do TRE-MS traz, neste período eleitoral, um local específico para a consulta da seção e do endereço do local de votação. A pesquisa é realizada a partir do fornecimento do nome ou do número do título de eleitor, data de nascimento e nome da mãe, se houver. Para acessar, clique aqui.                                                                                       

e-Título: O aplicativo lançado neste ano pelo TSE apresenta informações como dados da zona eleitoral do usuário e a situação cadastral do eleitor em tempo real. Após baixá-lo, basta que o eleitor insira seus dados pessoais, como nome, número do título de eleitor e data de nascimento.

Telefones de Consulta: Pensando nos eleitores que não tenham acesso à internet, o TRE-MS disponibilizou dois telefones para consulta, são eles: 2107-7242, 2107-7246 ou 2107-7256. Ligações podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.

Últimas notícias postadas

Recentes

Resolução 690 institui o Código de Ética da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul

Em cumprimento à Recomendação nº 125/2010 do CNJ e, também, pela necessidade de se estabelecer um normativo com regras de conduta ética a ser observada no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), foi aprovada, no dia 1° de julho de 2020, a Resolução nº 690, que institui o Código de Ética no âmbito da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

Plano de Biossegurança propõe a Retomada do Trabalho Presencial no TRE-MS

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) dispôs, por meio de seu Plano de Retomada do Trabalho Presencial com Biossegurança, um plano integrado de ações para a retomada das atividades presenciais, após a quarentena da Covid-19, com a finalidade de preservação da saúde e manutenção de um ambiente de trabalho seguro.