TRE-MS realiza sorteio de urnas que serão utilizadas na votação paralela

As auditorias são adotadas pela Justiça Eleitoral como forma de confirmar a segurança da urna eletrônica

As auditorias são adotadas pela Justiça Eleitoral como forma de confirmar a segurança da urna el...

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) realizou nesse sábado (14/11), o sorteio das urnas que serão utilizadas na auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas.

No Estado, foram sorteadas seis urnas, sendo três para auditoria de funcionamento em condições normais de uso (votação paralela) e outras três para a auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas (tempo real).

Para a Votação Paralela foram sorteadas três urnas, sendo que duas foram para a capital. Tais equipamentos, que estão com carga de votação oficial das eleições de domingo, e que geralmente já estão com o presidente da respectiva seção, são retirados do local de votação sendo substituídas por outros, os quais serão carregados com os mesmos dados oficiais das urnas sorteadas.

O procedimento de Votação Paralela ocorre no domingo (15), mesmo dia e horário oficial da votação, sendo acompanhado por representantes de partidos políticos, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), do Ministério Público, além de empresa de auditoria externa. Cédulas preenchidas previamente pelos partidos políticos e estudantes são digitalizadas em um sistema auxiliar e, após, esses votos são digitados na urna eletrônica.

Depois, é feita a comparação do resultado da votação no sistema paralelo com o resultado registrado no boletim de urna. O objetivo é mostrar que a soma de votos dos candidatos encontradas na urna eletrônica corresponde ao resultado esperado. Todo o procedimento é filmado.

Já a auditoria em tempo real, que será realizada em urnas de Campo Grande, é feita na própria seção eleitoral, conduzida pelo juiz eleitoral e com a participação dos partidos políticos, Ministério Público, OAB e demais presentes. Antes da impressão da zerésima, é feito o procedimento para verificar a integridade dos sistemas instalados e então a urna é liberada para votação.

As zonas eleitorais sorteadas para Votação Paralela foram: Seção 12, da 34ª ZE (Bandeirantes); Seção 631, da 35ª ZE (Campo Grande); e Seção 331, da 44ª ZE (Campo Grande).

As zonas eleitorais sorteadas para Verificação de integridade do Sistema foram: Seção 536, da 8ª ZE (Campo Grande); Seção 378, da 36ª ZE (Campo Grande); Seção 47, da 54ª ZE (Campo Grande).

As auditorias são adotadas pela Justiça Eleitoral como forma de confirmar a segurança da urna eletrônica.

Últimas notícias postadas

Recentes