TSE reúne chefes de cartórios para debaterem sobre o mapeamento do DFT

No encontro, chefes de cartórios de todos os estados levaram ao TSE as diferentes realidades e necessidades.

No encontro, chefes de cartórios de todos os estados levaram ao TSE as diferentes realidades e n...

Nos dias 26 e 27 de novembro, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), representado pela servidora Patrícia Midori, Chefe do Cartório de Ponta Porã (19ª ZE), esteve na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, para participar de uma reunião de trabalho com representantes de zonas eleitorais de todos os estados.

O objetivo do encontro foi debater o mapeamento das entregas e das atividades cartorárias no contexto do Dimensionamento da Força de Trabalho (DFT), em cumprimento à Portaria TSE n.º 140/2019.

Na oportunidade, chefes de cartórios levaram ao TSE as realidades e necessidades das diferentes regiões do país, além de aproveitarem a oportunidade para trocar experiências e conhecimentos.

A iniciativa veio da Direção-Geral do TSE e tem como fundamento a análise diagnóstica dos últimos anos, que é o primeiro passo para criar uma cultura de medição e deve tornar-se uma prática contínua nos órgãos da Justiça Eleitoral.

A análise dos dados será feita pela Universidade de Brasília (UNB), em convênio com o TSE. Os resultados das entregas vão indicar o que pode melhorar para o eleitor, para o servidor, para a instituição e para a sociedade, tendo como foco a maior eficiência, produtividade e efetividade dos serviços prestados.

 Dimensionamento da Força de Trabalho

O DFT tem como principal meta aprimorar a Justiça Eleitoral para fazer face a suas necessidades atuais e futuras, selecionando pessoas com habilidades adequadas, na quantidade certa, para trabalhar nos lugares e momentos certos ao longo do tempo.

Últimas notícias postadas

Recentes