Plano de Biossegurança propõe a Retomada do Trabalho Presencial no TRE-MS

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) dispôs, por meio de seu Plano de Retomada do Trabalho Presencial com Biossegurança, um plano integrado de ações para a retomada das atividades presenciais, após a quarentena da Covid-19, com a finalidade de preservação da saúde e manutenção de um ambiente de trabalho seguro.

Distanciamento social trabalho

O documento institucional consiste na sistematização de medidas que deverão ser adotadas para possibilitar o retorno gradual das atividades presenciais nas dependências da Corte Eleitoral, com a máxima redução do risco de exposição do público interno e externo ao contágio pelo novo coronavírus.

 

Entre as assertivas diretivas para a retomada do trabalho presencial, o documento considera os critérios:

• Situação epidemiológica estadual favorável com curva de novos casos e transmissibilidade "achatadas", e com tendência de queda por período de pelo menos 14 dias;

• Capacidade de atendimento da rede hospitalar local presente (taxa de ocupação de leitos de internação e de UTI);

• Preparo adequado do ambiente laboral às recomendações de prevenção à COVID-19;

• Disponibilidade de equipamentos de proteção individual e coletiva.

 

A confecção desse instrumento é estruturada em eixos temáticos considerados prioritários para a atuação da Administração, a partir dos quais serão desenvolvidos planos de ações setoriais pelas unidades especializadas, para adoção de medidas específicas e integradas.

O Presidente do TRE-MS, desembargador João Maria Lós, considera as medidas propostas de caráter fundamental, visto que, na organização das próximas eleições municipais, também há prioridade no cuidado dos seus servidores na prestação de seus serviços essenciais.

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE-MS e TRE-TO promovem evento de incentivo à participação da mulher na vida política

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio de suas Escolas Judiciárias Eleitorais (EJE-MS e EJE-TO), promoverão, no próximo dia 12 de agosto, a partir das 19h30 (horário de Brasília), uma Roda de Conversa on-line com o tema "A Participação Política da Mulher nos Espaços de Poder".

Evento online de combate à desinformação acontece nesta quinta-feira (30).

O excesso de conteúdos falsos tem exigido que veículos de comunicação, agências de checagem, empresas e órgãos de todos os governos mundiais invistam tempo e recursos para desmentir os boatos e informações enganosas a respeito do novo coronavírus. Como esse combate à crescente onda de desinformação em relação ao novo coronavírus pode ajudar para uma atuação mais estratégica e eficiente nas Eleições 2020?

TRE-MS determina suspensão de anotação de 69 órgãos partidários municipais

Em levantamento realizado pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul foram constatados 69 órgãos partidários municipais que, até a presente data, não informaram o respectivo número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Ante a ausência de tal informação, a suspensão da anotação foi determinada por decisão judicial.

Decisão determina retirada de vídeo no Facebook por campanha extemporânea

A juíza substituta da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Gabriela Muller Junqueira, proferiu decisão determinando a remoção de vídeo da rede social Facebook e a quebra de sigilo de dados dos titulares da página "TRADNÃO", acusada de realizar campanha extemporânea negativa contra o Partido Social Democrático (PSD), em especial ao atual prefeito, Marcos Marcello Trad, pré-candidato às eleições municipais de 2020.