TRE-MS inicia cadastramento biométrico obrigatório em Dourados nesta segunda-feira

O Cartório Eleitoral passa a atender em novo horário, que vai das 07h30 às 13h30

Eleitora assinando seu título eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) iniciou, nesta segunda-feira (05), o processo de revisão eleitoral e cadastramento biométrico dos eleitores de Dourados. Lembrando que o cadastramento biométrico é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor.

Agora, o Cartório Eleitoral (18ª ZE) passa a atender os eleitores no período da manhã, das 07h30 às 13h30. A mudança está regulamentada pela Portaria 216/2019, que alterou o expediente da 18ª ZE, até o fim do período de cadastramento.

O TRE-MS orienta que o eleitor procure o quanto antes o atendimento, evitando filas e muito tempo de espera.

O Cartório Eleitoral fica na rua Montese, 435, no BairroJardim Londrina.

Para serem atendidos, os eleitores deverão levar um documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, também devem levar o comprovante de quitação militar.

Aqueles que desejam agendar o atendimento, basta acessar o link: https://apps.tre-ms.jus.br/AgendaBiometria/publico/index.jsp

Para mais informações, ligue: (67) 3421-0460 e (67) 3422-2038.

Biometria

A biometria é uma tecnologia que dará ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

Últimas notícias postadas

Recentes

Resolução 690 institui o Código de Ética da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul

Em cumprimento à Recomendação nº 125/2010 do CNJ e, também, pela necessidade de se estabelecer um normativo com regras de conduta ética a ser observada no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), foi aprovada, no dia 1° de julho de 2020, a Resolução nº 690, que institui o Código de Ética no âmbito da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

Plano de Biossegurança propõe a Retomada do Trabalho Presencial no TRE-MS

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) dispôs, por meio de seu Plano de Retomada do Trabalho Presencial com Biossegurança, um plano integrado de ações para a retomada das atividades presenciais, após a quarentena da Covid-19, com a finalidade de preservação da saúde e manutenção de um ambiente de trabalho seguro.