TRE-MS e Faculdade INSTED firmam convênio para realização de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Eleitoral

Serão oferecidas 15 bolsas de estudo 100% gratuitas aos servidores do TRE-MS

Serão oferecidas 15 bolsas de estudo 100% gratuitas aos servidores deste Tribunal

O TRE/MS, por meio de sua Escola Judiciária Eleitoral, firmou, na tarde desta sexta-feira (2/8), um convênio com a Faculdade INSTED, para a realização de Pós-Graduação Lato Sensu presencial em Direito Eleitoral.

O curso terá início em setembro de 2019 e previsão de término em dezembro de 2020, com aulas quinzenais às sextas-feiras, no período noturno, e sábados, período matutino, em Campo Grande.

Serão oferecidas 15 bolsas de estudo 100% gratuitas aos servidores deste Tribunal. As regras para seleção dos beneficiários serão divulgadas na próxima semana por meio de Portaria.

Por Alexander Vieira

Assessoria de Comunicação

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE-MS e TRE-TO promovem evento de incentivo à participação da mulher na vida política

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio de suas Escolas Judiciárias Eleitorais (EJE-MS e EJE-TO), promoverão, no próximo dia 12 de agosto, a partir das 19h30 (horário de Brasília), uma Roda de Conversa on-line com o tema "A Participação Política da Mulher nos Espaços de Poder".

Evento online de combate à desinformação acontece nesta quinta-feira (30).

O excesso de conteúdos falsos tem exigido que veículos de comunicação, agências de checagem, empresas e órgãos de todos os governos mundiais invistam tempo e recursos para desmentir os boatos e informações enganosas a respeito do novo coronavírus. Como esse combate à crescente onda de desinformação em relação ao novo coronavírus pode ajudar para uma atuação mais estratégica e eficiente nas Eleições 2020?

TRE-MS determina suspensão de anotação de 69 órgãos partidários municipais

Em levantamento realizado pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul foram constatados 69 órgãos partidários municipais que, até a presente data, não informaram o respectivo número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Ante a ausência de tal informação, a suspensão da anotação foi determinada por decisão judicial.

Decisão determina retirada de vídeo no Facebook por campanha extemporânea

A juíza substituta da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Gabriela Muller Junqueira, proferiu decisão determinando a remoção de vídeo da rede social Facebook e a quebra de sigilo de dados dos titulares da página "TRADNÃO", acusada de realizar campanha extemporânea negativa contra o Partido Social Democrático (PSD), em especial ao atual prefeito, Marcos Marcello Trad, pré-candidato às eleições municipais de 2020.