Novos Presidente e Vice do TRE-MS tomam posse em sessão solene.

A cerimônia teve inicio às 17h, desta quinta-feira (31), no Plenário do Tribunal.

Lós e Divoncir.Espelhado.TRE.MS
Desembargadores João Maria Lós e Divoncir Schreiner Maran.

Foi realizada no início da noite desta quinta-feira (31), no plenário do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), a sessão solene de posse dos Desembargadores João Maria Lós e Divoncir Schreiner Maran.

Desembargador João Maria Lós assumiu como Presidente da Corte, e Desembargador Divoncir foi empossado no cargo de Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral, para o biênio 2019/2021.

Em nome da Corte, o Dr. Daniel Castro Gomes da Costa. Juiz Membro do TRE-MS, fez a saudação aos empossados, ressaltando: “Assumem, de fato, este Egrégio Tribunal, os honoráveis cargos de Presidente e Vice, os eminentes Desembargadores João Maria e Divoncir, magistrados experientes, seguros, serenos, brilhantes e de indubitável envergadura jurídica e humana.

Os eminentes Desembargadores são, ainda, seres humanos de sorte, indiscutivelmente. Sorte, isso sim, por assumir a presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul em meio a uma crise econômica de fôlego, num ambiente de crescente desencantamento com a política, notadamente entre os jovens, e ter a chance de alterar o curso da história”.

Ao assumir a Presidência, o Desembargador João Maria Lós disse pretender aperfeiçoar os processos eficazes implantados e dar início aos necessários para que a Justiça Eleitoral continue avançando.

Em relação à coleta de dados biométricos, o novo Presidente lembrou sobre o cronograma de revisão do eleitorado, que terá início no próximo mês de março, em 25 municípios do interior do Estado.

Ainda, em sua fala, acrescentou: “Estou ciente da necessidade de trabalharmos arduamente no aprimoramento das ações voltadas para o esclarecimento sobre a segurança do processo eleitoral, ceifando de vez qualquer dúvida do eleitor quanto a eficácia da urna eletrônica”.

No tocante à prestação jurisdicional, o Desembargador disse ter como desafio “priorizar o julgamento de casos de ilícitos eleitorais e julgar até o final deste ano, 75% dos processos referentes às eleições gerais de 2018”.

E, finalmente, “Visando melhorar as instalações deste Tribunal, pretendemos inaugurar, ainda neste ano, o prédio localizado em frente ao Fórum Eleitoral, no Parque do Poderes, o qual contará com 3.650 m2 de área construída e abrigará estoque de materiais, documentos e processos, além das 8.000 urnas eletrônicas de todo o Estado”, pontuou o novo Presidente.

A cerimônia de posse teve inicio às 17h, no Plenário do TRE-MS, e contou com as presenças de familiares e amigos dos empossados, além de magistrados, advogados, procuradores, autoridades civis e militares, e servidores. 

Últimas notícias postadas

Recentes